Notícia

Sozinho, mas muito bem aconchegado

Compartilhar:
23/02/2018

Seja por morar em outra cidade para fazer a faculdade, por conquistar a tão sonhada independência econômica, já com a carreira encaminhada, ou logo após uma separação, independente do motivo, muita gente acaba optando por morar sozinho.

E, cada vez menos, isso serve de desculpa para não cuidar da decoração do seu novo ninho. Ao contrário, é justamente a partir do capricho que se dedica ao compor o novo espaço que mais ele se torna um lugar agradável, onde se desfruta todo o prazer de estar consigo mesmo. Ou de receber visitas muito bem-vindas.

A designer de ambientes Laura Santos, no entanto, ressalta a importância de buscar um resultado mais prático e funcional. Uma forma de dar um toque pessoal à decoração é utilizar objetos pessoais ou de hobby para esta função. Oferece ainda mais uma dica: “A ideia é evitar excessos, pois quando a pessoa mora sozinha ela não tem muito tempo para dar manutenção no imóvel. Colocar no espaço apenas os itens mais importantes e indispensáveis. Trabalhamos itens de lazer do cliente como peças de decoração como, por exemplo, um violão. Uma forma prática de deixar à mão as coisas úteis que o morador vai utilizar e usar no layout”, sugere.

O tamanho do apartamento também deve ser muito bem pensado na hora da decisão de morar sozinho. Quanto menor, mais prático. Mas, se a intenção é de receber os amigos, é preciso investir nos espaços sociais, como ressalta a arquiteta Gabriela Brasil, sócia-proprietária da Oca Criativa. “O que se usa muito atualmente é optar por espaços multifuncionais, por exemplo: serviço e cozinha integrada com a sala, onde a sala já é o espaço da TV. Ou quarto que é, também, escritório. Isso torna os espaços mais amplos, integrados e úteis”, afirma.

Laura Santos também indica os ambientes conectados: “A cozinha americana é uma tendência. Ela fica integrada com a sala e você pode ver a televisão enquanto cozinha. Para receber os amigos também é melhor, pois a pessoa tem mais essa flexibilidade de estar na cozinha e poder conversar com quem está na sala”, conta.

Na hora de dar o toque final aos ambientes, alguns itens fazem toda a diferença.
“Para compor a casa, do seu jeito e com muita criatividade, aposte nos porta-retratos, quadros com frases e itens de papelaria em geral. Aqui na Oca também temos cadeira, mesas e toalhas. O apartamento vai ficar lindo!”, sugere Gabriela.

Na imagem: Projetada pela designer Laura Santos para um jovem empresário, este loft possui cozinha integrada a sala

Foto: Henrique Queiroga

Mais notícias